Artigos • em destaque • entrevistas

Saiba como diferenciar a realidade da ficção para curar a diabetes de uma vez por todas!

O principal erro dos diabéticos portugueses que lhes encurta a vida
Fátima Laureano
17.04.2020

Endocrinologista português. É considerado o melhor especialista no tratamento da diabetes no país. Todas as pessoas famosas com diabetes tentam conseguir uma consulta dele. Incluindo pacientes de outros países: de França, Alemanha, Grã-Bretanha. Ele é um dos principais endocrinologistas da UE. É o autor de 32 relatórios científicos, e de publicações científicas cujo número é 3 vezes mais.

Dr. Francisco Carrilho raramente concede entrevistas, mas esta vez ele concordou em responder a algumas perguntas do nosso correspondente. Abaixo, você encontrará dicas importantes que o ajudarão a vencer a diabetes.

DR. FRANCISCO CARRILHO ACREDITA QUE A DIABETES TIPO 2, NA GRANDE MAIORIA DOS CASOS, PODE SER TRATADA AO UTILIZAR MÉTODOS MODERNOS!

Tópicos abordados na matéria:

  • O que é o mais importante no tratamento da diabetes?
  • Porque 95% dos diabéticos são incapazes de lidar com a enfermidade?
  • Em que casos existe chance de uma CURA COMPLETA DA DIABETES?
  • Quais são os MÉTODOS MODERNOS de tratar a doença?

A metformina não é um caminho seguro a seguir!

Médicos soam alarme, enquanto as cadeias farmacêuticas lucram com os seus clientes

Dr. Francisco Carrilho:

“Hoje em dia, os medicamentos baseados em metformina são utilizados em maior parte dos métodos de tratamento da diabetes. No entanto, trata-se de uma falácia para os pacientes e médicos inexperientes. A metformina é o caminho para a morte precoce. Não para a cura. Se o médico recomenda ao paciente com diabetes tipo 2 o tratamento com base nestes medicamentos, é preciso fugir deste médico.

Estes são os remédios que têm a metformina como a substância activa: Bagomet, Vero-Metformin, Glikomet, Glicon, Gliminfor, Gliformin, Glucófago, Glucophage, Glucophage Longo, Dianormet, Diaformina, Lanagerina, Metadien, Metospanina, Metfogamma, Metformina, NovaMet, NovoFormina, Orabet, Siofor, Sofamet, Formmetina.

Tudo o que estes remédios fazem é aumentar os níveis de insulina para níveis críticos. Por tanta quantidade de insulina, o sangue torna-se espesso, como se fosse leite condensado. Em grandes quantidades, a insulina causa um tremendo dano ao organismo. Literalmente corrói o fígado, os rins e outros órgãos excretores. Em sua consistência e acção, a insulina é semelhante ao ácido estomacal. Imagine o que aconteceria se este ácido enchesse os órgãos internos. Estes seriam simplesmente queimados!

Níveis elevados de insulina, ao corroerem as células, contribuem para a sua divisão anormal, o que resulta em oncologia. Por este motivo, o 28% DOS DIABÉTICOS TÊM CANCRO, segundo as estatísticas.

Além disso, os altos níveis de insulina levam ao rápido crescimento de colesterol que se deposita nos vasos, uma vez que, com a insulina, o sangue espesso circula muito mal. Como resultado, os vasos estão repletos de colesterol, o que, por sua vez, leva a saltos de pressão. A hipertensão acompanha 98% dos diabéticos. Existem muitos outros problemas com o sistema cardiovascular.

Lista das consequências de terapias baseadas em metformina

  • Perturbações do trato digestivo (na maioria das vezes diarreia, azia, arrotos, úlceras estomacais)
  • Hipertensão. Os saltos de pressão, especialmente à noite, dores de cabeça, zumbidos no ouvido, ataques de pânico
  • Cirrose. O fígado transforma-se em tecido conjuntivo e deixa de limpar o sangue, todo o corpo enche-se de toxinas
  • Pedras nos rins devido à excreção intensa de sais e açúcares
  • Doenças oncológicas
  • Morte precoce devido aos vasos sanguíneos destruídos
  • Cegueira

O desenvolvimento de patologias, é claro, depende da duração de uso e da quantidade dos medicamentos consumidos, bem como das características individuais de cada pessoa. No entanto, é IMPOSSÍVEL EVITAR ELAS DE TUDO!

Se a metformina mata, porque é ainda usado?

Infelizmente, hoje em dia poucos médicos realmente se preocupam com a saúde dos pacientes. Além disso, muitos simplesmente não se importam. Estes apenas fazem o seu trabalho e são pagos por isto. Eles não se importam se o paciente se recupera ou não. Portanto, eles, realmente não raciocinam muito, mas prescrevem o que lhes foi recomendado pelos seus chefes ou pelo Ministério da Saúde. Trata-se dos medicamentos baseados em metformina, pois a sua venda traz bons lucros. Estes mesmo têm algum efeito, embora temporário.

A indiferença não cura! Os pacientes, geralmente, não se apercebem com quais consequências estes podem lidar ao usar constante os medicamentos lhes prescritos, já os médicos não consideram necessário informar-lhes.

O tratamento da diabetes com os remédios quimicamente agressivos é um crime! Mas a diabetes tipo 2 pode ser curada! Mas é importante escolher a terapia correta!

Dr. Francisco Carrilho:

Eu frequentemente atendo os pacientes que foram tratados com a metformina por vários anos. São todas pessoas doentes, que se envelheceram demasiadamente cedo.

É assim que acontece. Na maioria das vezes, a diabetes tipo 2 em pacientes é detectada em pacientes por acaso durante qualquer exame. Ao mesmo tempo, até este momento, o paciente, geralmente, sentia-se bem e nunca pensaria que tinha açúcar elevado. Depois prescrevem-lhe doses aumentadas de metformina.

Como resultado, a taxa de açúcar cai, mas com o tempo o estado do paciente começa a deteriorar-se gradualmente. Este começa a queixar-se de cansaço crónico, obesidade, pressão alta, dores de cabeça. As suas pernas começam a inchar, bem como o seu rosto pela manhã. Além disso, paciente tem zumbido no ouvido. Os seus dedos ficam dormentes e os membros ficam mais frios. A visão cai. A memória piora.

Os médicos dizem que tal acontece por causa da diabetes. Mas na verdade acontece por causa da insulina! Mais precisamente, da metformina, que aumenta drasticamente a produção de hormonas!

No ENTANTO, NÃO SE PODE PENSAR QUE NÃO É NECESSÁRIO CURAR A DIABETES DE TUDO. Se você optar por tratar a diabetes com a metformina, é claro melhor do que não tratá-la de tudo. A diabetes tipo 2, se não tratada, matará o paciente ainda mais cedo. Embora, este já terá outros sintomas.

Os órgãos internos dos diabéticos parecem com estas cerejas cristalizadas. O fígado, estômago, rins, coração e, o mais importante, vasos sanguíneos...

“Cristalização” dos vasos e órgãos internos!

Imagine cerejas ou framboesas cristalizadas. A mesma coisa acontece com todos os vasos sanguíneos durante a diabetes tipo 2. As paredes dos vasos sanguíneos ficam saturadas com açúcares e ficam quebradiços. Como resultado, os vasos acabam por perder a capacidade de estreitar e expandir. Primeiro, são os pequenos vasos que morrem, depois os médios e no final, os grandes. Os vasos alimentam os órgãos internos. A deterioração do suprimento sanguíneo leva ao desenvolvimento de doenças crónicas.

Como a diabetes destrói-o de dentro:

Perda de visão. A diabetes causa cegueira. Para sempre. É impossível normalizar a visão danificada pela diabetes, mesmo com a ajuda da correcção a laser, pois o descolamento de retina ocorre como resultado de muitas hemorragias.

Destruição dos rins. O açúcar entope os ureteres. Como resultado, o ambiente nos rins torna-se muito doce. O açúcar é conservante. Este “conserva” os rins. Gradualmente estas morrem. A insuficiência renal crónica é apenas a ponta do iceberg. Os rins podem ser completamente perdidos.

As articulações param de mover-se. O líquido sinovial é responsável pelo movimento nas articulações. Quando os vasos deixam de nutrir a articulação, o líquido sinovial deixa de ser secretado. A articulação simplesmente seca e destrói-se. Por causa disso, os doentes passam por dores insuportáveis. Mesmo analgésicos não lhes ajudam. A articulação “congela”. O doente acaba por perder a capacidade de mover-se de forma independente.

O sistema nervoso não aguenta. Os nervos, como muitos outros órgãos, sofrem com o excesso de açúcar. Com o tempo, o doente desenvolve psicoses, e torna-se emocionalmente desequilibrado. Este é frequentemente atormentado pela depressão, nada o agrada. Ele só quer deitar-se e morrer assim.

A pele começa a apodrecer! No início, a pele seca muito, surgem arranhões, depois eczema e úlceras. Músculos e ossos apodrecem de seguir. Aparece um cheiro ruim. Tudo termina com gangrena.

Ou seja, a diabetes é uma doença muito perigosa. Talvez até a mais perigosa de todas. Sinto muito pelas pessoas diagnosticadas com o tipo 2. Eu tento ajudá-los, mas em primeiro lugar, tudo depende delas mesmas.

Se evitar usar a metformina, como é que tratar a diabetes? Vamos exemplificar com um idoso comum que tem diabetes ocorrida pela idade. A sua taxa de açúcar tem aumentado. Vamos supor que ele toma a metformina e sente-se mal. O que ele pode fazer para curar a diabetes? Será que ele pode recuperar-se sozinho?

Gostava de destacar mais uma vez que a diabetes tipo 2 é uma doença complexa, perigosa e sistémica. Este não é uma constipação ou diarreia. É muito mais sério. A enfermidade ocorre no nível de todo o organismo e, portanto, o tratamento também deve ser sistémico. É INSUFICIENTE E PREJUDICIAL simplesmente aumentar os níveis de insulina.

O tratamento da diabetes deve ser abrangente e apenas com os medicamentos que, além de diminuir os níveis de açúcar, também são seguros para todo o corpo.

Já se falarmos dos medicamentos específicos que as pessoas podem usar para tratar para diabetes, eu recomendaria o Inspilar. Em 2015, este foi desenvolvido pelo Instituto de Endocrinologia de Lisboa. Não é um remédio químico, como a metformina, mas é um COMPLEXO ANTI-DIABÉTICO NATURAL, QUE CONTÉM MAIS DE 60 (!) COMPONENTES ACTIVOS.

A composição do medicamento inclui todas as vitaminas, macro e microelementos mais necessários para os doentes com a diabetes mellitus. O Inspilar contém 28 extractos de ervas colectados em várias partes do mundo.

O Inspilar não prejudica o corpo. Ao contrário, este ajuda o doente a mais forte. Mas o mais importante é que o remédio tem um efeito abrangente sobre a doença. Pois, 60 ingredientes activos são muito. Nenhum outro remédio pode gabar-se de uma composição tão rica.

A eficácia do Inspilar é sem precedentes! Depois que começamos a recomendar este medicamento para os nossos pacientes, a percentagem dos recuperados... E quero dizer, DOS RECUPERADOS DE DIABETES COMPLETAMENTE aumentou para 96%. Tal significa que 96 em cada 100 pessoas venceram a enfermidade. A sua taxa de açúcar não sobe mais, e elas sentem-se óptimas.

Uma carta sincera

Gostava de mostrar-lhes uma carta de Neusa Vinhas, uma aposentada portuguesa. Ela não foi tratada na nossa clínica (simplesmente não conseguiu vir, pois sentia-se mal). Recomendei-lhe o Inspilar por telefone. Então, ela recuperou-se.

Eis o que ela nos escreveu:

“Porque é que muitos médicos escondem das pessoas um remédio tão maravilhoso como o Inspilar? Eu tive diabetes. Foi terrível. Tive-a por 18 anos, desde 49 anos de idade. Há pouco, esta resultou em complicações graves aos olhos e rins. Os meus rins quase não funcionavam, tudo eu tinha cheiro de acetona. Mesmo a minha filha não aguentava estar perto de mim. Além disso, tinha úlceras nas pernas, as pontas dos dedos estavam escuras. Eu literalmente estava a morrer. Os nossos médicos disseram-me que eu não tinha muito tempo. Estes aconselharam que a minha filha pensasse nos meus últimos dias. Eu vivia uma vida boa, mas ainda não queria morrer. Mesmo quando gritava que queria morrer, realmente não queria. A sua clínica tornou-se na minha última esperança. Eu sabia que vocês tratam a diabetes com êxito, mas ainda assim não conseguia acreditar até o fim - afinal, todo mundo diz que a diabetes não pode ser curada, então eu gastaria o meu tempo em vão. Portanto, eu não vim. Mas um dia vi o senhor na televisão e resolvi telefonar-lhe. Muito obrigada pela sua consulta e pelo Inspilar que o senhor doutor me enviou. Comecei a usá-lo imediatamente. 4 meses passaram-se desde então e ainda estou viva. E vou viver mais, segundo dizem os médicos agora, pois a minha taxa de açúcar normalizou. Eu sinto-me muito bem. Nos últimos 10 anos, não me senti tão saudável e livre de diabetes como me sinto agora! Agora durmo bem, a sensação de sede insaciável sumiu, vou à casa de banho menos vezes, não me canso tanto como antes. A pressão também parou de saltar. Comecei a enxergar melhor. Ainda continuo o meu tratamento, mas tenho certeza que vencerei a diabetes. Muito obrigada pelo Inspilar.”

Senhor doutor, diga-nos, por favor, qual é a duração do tratamento com o Inspilar?

Bom, o processo não é rápido, pois é complexo. Demora vários meses. Pode demorar seis meses.

É preciso preparar-se para um tratamento a longo prazo. Mas após o tratamento, você não precisará mais de tomar qualquer medicamento e poderá viver uma vida saudável e normal, que viveu antes da diabetes.

O Inspilar ajuda a todos, mesmo os idosos com a imunidade baixa.

É preciso fazer vários tratamentos com o Inspilar. Tipo, tomar por duas semanas, depois fazer um intervalo de 4-5 dias, e depois repetir o tratamento. Contar-lhe-ei sobre as fases de recuperação.

Vasos saudáveis

A principal acção do Inspilar é que este não apenas remove o açúcar do sangue e normaliza os níveis de glicose. Devido ao Ginkgo Biloba, que faz parte da composição, este também dissolve o açúcar, que já penetrou nas paredes dos vasos sanguíneos. As paredes dos vasos como se livrassem de gelo, novamente adquirindo a possibilidade de estreitamento e expansão. Os coágulos sanguíneos dissolvem-se, os vasos são limpos. Os pequenos capilares recuperam-se. Como resultado, os saltos de pressão param, a fraqueza e sonolência desaparecem, a cicatrização de feridas e cortes melhora. Além disso, surge mais energia. As pessoas imediatamente sentem vontade de fazer algo em casa ou no jardim.

Normalização dos níveis de glicose

O Inspilar não aumenta os níveis de insulina, portanto é seguro. Mas o remédio possui um efeito extremamente benéfico- este reduz a resistência à insulina. Esta é uma propriedade muito importante. Os componentes biologicamente activos do remédio penetram directamente nas células dos músculos, gorduras e fígado e estimulam-nos para estes comecem a reagir melhor à presença de hormona no sangue. Na medicina, esse processo é chamado de "treinamento celular secundário". Como resultado, as células começam a consumir glicose de forma mais activa, o que leva a uma diminuição na sua concentração no sangue. Para o corpo, esta é a maneira mais segura de tratar a glicose.

Os pacientes começam a sentir-se bem a qualquer hora do dia, inclusive depois de comer. Os doentes não são mais atormentados pela sede. Não têm mais inchaços e erupções cutâneas. Prurido genital some. Os pacientes fazem menos idas à casa de banho.

Se falamos das características físicas, os níveis de hemoglobina glicosilada diminuem, a concentração de açúcar e acetona na urina diminui.

Elimina o excesso de gordura!

O excesso de peso é algo que agrava a condição de um diabético em 4-5 vezes. Portanto, o efeito do Inspilar visa também à perda de peso. Tal ocorre por dois motivos. Primeiro, as células começam a processar açúcar em energia de forma mais activa. Em segundo lugar, o complexo contém o extracto altamente concentrado de arbolho, que é um poderoso queimador de gordura.

Ao perder 10 quilos, o risco de efeitos perigosos da diabetes é reduzido em quase 50%.

Normalização de potência

Muitos diabéticos são impotentes. Uma das acções surpreendentes do Inspilar visa normalizar os níveis de testosterona e recuperar a potência sexual saudável. Mesmo aos 50 ou 60 anos de idade, os homens recuperam a capacidade de fazer sexo.

Melhora a condição da pele, ossos e músculos

Mesmo a pele severamente danificada recupera-se durante o uso do remédio. Úlceras diminuem, a pele deixa de apodrecer e secar. O mesmo acontece com os ossos, a sua composição saudável recupera-se, estes deixam de ser quebradiços. Melhorias são notáveis em todos os tecidos, os músculos tornam-se elásticos.

Efeito borboleta para qualquer diabético!

A ação do Inspilar é como o bater das asas da borboleta, que causa uma reação em cadeia da recuperação de todos os órgãos internos e de melhoria do bem-estar. Começando com a normalização dos vasos sanguíneos e terminando com a recuperação da visão e das articulações.

3-6 meses de uso constante do Inspilar é comparável a um renascimento. Ao mesmo tempo, os pacientes apercebem-se melhorias notáveis cada semana mais.

Fica mais fácil acordar

O paciente acorda de manhã e levanta-se facilmente, sem qualquer esforço, sem dores no corpo, nas costas e no pescoço. Pela manhã, o corpo está cheio de energia e força.

Bem-estar

Desde acordar e durante o dia todo. O paciente dorme bem, e dorme o suficiente. Sente-se mais jovem. Não precisa de correr à casa de banho à noite. Nada lhe dói ou coça nada.

Pequeno-almoço delicioso

O paciente expande bastante o seu menu. Pois não precisará mais de seguir uma dieta rigorosa. Ele vai se lembrando do sabor dos pratos predilectos. As dietas pobres em carboidratos são deixadas no passado. O paciente é capaz de apreciar todo o sabor dos pratos!

Forças

Ao sair de casa, o paciente não precisará mais de se preocupar com as suas pernas, pois andar a pé muito não lhe incomoda. Poderá andar o dia todo e as pernas não vão inchar. Sandálias, saltos altos ficam confortáveis de usar.

Tranquilidade absoluta

O paciente está absolutamente calmo e relaxado. Não tem mais dores constante que devorariam a sua consciência, impedindo que ele se concentre em qualquer outra coisa. Quando nada lhe dói, as coisas familiares, sons, cheiros agradam novamente.

A sua visão é perfeita

Mesmo a visão gravemente danificada começará a recuperar-se gradualmente. O que era difícil de enxergar, ficará claro. Você será novamente capaz de envergar o número na placa de um autocarro ao longe, bem como admirar as belezas da natureza por seu redor.

E o mais importante, você prolongará a sua vida! Mesmo na velhice, você sentir-se-á saudável e energético. Você não precisa de sobrecarregar os seus parentes ao pedir-lhes de cuidar de você. Você poderá cuidar de si mesmo.

Défice do Inspilar nas farmácias portuguesas!

Até onde sabemos, é extremamente difícil comprar o Inspilar em farmácias. Este medicamento raramente está disponível. É assim mesmo? E o que o senhor podia aconselhar aos diabéticos portugueses?

- Sim, é verdade. O Inspilar é produzido em pequenos lotes limitados, portanto, simplesmente não se vende em muitas farmácias. Infelizmente, a maior parte do remédio é exportada, também é frequentemente comprado pelas clínicas particulares.

Porém, tenho boas notícias para os leitores da sua revista. Falei com colegas e resolvemos oferecer parte do lote do Inspilar aos seus leitores pelo menor preço possível. Entregaremos o medicamento pelos correios em qualquer casa. Em qualquer região de Portugal.

Vou falar o que é preciso fazer para obter o Inspilar.

É necessário:

  • Estar dentro de Portugal no momento de pedido. Não enviaremos o Inspilar para fora do país.
  • É possível obter o Inspilar APENAS PARA USO PESSOAL. Peço aos revendedores que não revendam o Inspilar pelo seu preço. Lucrar com as pessoas doentes é desumano! A quantidade do Inspilar que enviaremos será suficiente para tratar apenas UMA pessoa (ou duas, caso numa família há vários diabéticos)

Para participar no nosso programa, você precisa de clicar no botão "girar" localizado abaixo do tambor com descontos. Dependendo do seu resultado, você poderá comprar o Inspilar com algum desconto. Você pode girar o tambor apenas uma vez.

Aproveite a sua chance até que outros a aproveitem!

Infelizmente, não temos este medicamento em quantidades suficientes para todos os diabéticos portugueses. Portanto, decidimos fornecê-lo apenas para aqueles que o encomendarem no site mais depressa do que outros. Então, se você quer curar a diabetes com este remédio único, aconselho que o encomende o mais rápido possível enquanto ainda estiver disponível.

Encomende com 50% de desconto

Comentários

Maria João Guerreiro
Obrigada pela sua bondade! Antes já tentei comprar o Inspilar numa clínica. Ali eles quiseram que eu o comprasse 10 vezes mais caro. Eu recusei. Depois uma amiga minha deu-me o link para este artigo. Encomendei o remédio aqui. Foi entregue rapidamente. Já estou a fazer o tratamento e já tanho resultados!
Frederico Elias
Eu confirmo as palavras do médico! A metformina é um veneno, usado para ganhar dinheiro com os diabéticos! Tomava-o por 7 anos. E não tinha quaisquer resultados. A taxa de açúcar saltava. Cada dia mais a situação piorava. Depois encontrei o Inspilar. Apercebi-me logo a diferença. Este remédio natural realmente melhora o bem-estar, ao contrário de produtos químicos perigosos. Gente, eu recomendo que experimente o Inspilar.
Michelle Oliveira
Pois, eu também sofria de diabetes até ter descoberto o Inspilar. A minha história é parecida àquela da idosa. Mas além de açúcar alto, tinha pressão alta (200-230) que nunca diminuía. Por causa disso, eu vomitava muito. Também tinha excesso de peso, 120 kg, apesar da minha estatura baixa. Inchaços, falta de ar, eu tinha tudo aquilo. O corpo frequentemente inflamava e literalmente apodrecia. Agora já são coisas do passado. Comprei o Inspilar. Agora me sinto completamente diferente. Emagreci, a pressão deixou de saltar. Então, está tudo bem comigo, o mesmo desejo para todos.
João Silva
Óptimo remédio para reduzir a taxa de açúcar. Em um mês, o meu açúcar caiu de 14 mmol / l para 7,9! Sejam saudáveis!
Rui Mendes
Obrigado, encomendei também. O consultor telefonou-me, eu perguntei-lhe quantas embalagens do medicamento eles ainda tinham. Ele disse-me que ainda tinham alguns, mas cada dia mais as vendas aumentam, se calhar mais pessoas têm ficado a saber desta oportunidade. Em breve as vendas vão acabar.
Gastão Bico
Qualquer doença é um sofrimento para algumas pessoas e o negócio para outras. Há muito tempo que as farmácias mostram a sua verdadeira face, pois tudo o que estas precisam de nós é o nosso dinheiro e nossa saúde!
José Galego
Eu tive diabetes. Consegui recuperar-me. Agora, todos os anos, faço o tratamento com o Inspilar para evitar recorrências. Eu recomendo muito este medicamento a todos!
Frederica Azevêdo
O Inspilar ACABOU!!!!!!!! Eu não consegui comprar. Dizem que ainda esteve disponível ontem, mas hoje já não... A diabetes atormenta-me imenso. Eu não sei o que fazer. Pensava que iria usar o Inspilar. Será que não posso fazer nada mesmo?
Ana Filipa Machado
Eu não consegui também. O que posso fazer agora??? A minha amiga contou-me sobre o Inspilar. Ela elogiou-o muito, eu também queria comprar, mas não consegui. Fiquei tão triste.
Carolina Lupi
Olá a todos. Tenho 59 anos, o meu peso era 124 kg, agora tenho 80 kg, a minha altura é 168 cm. O nível de glicose variava entre 18 e 12, mesmo tinha 29. Agora é 5,0. Tomava o Inspilar por 3 meses. O resultado é óptimo. Nenhum remédio ajudou-me tanto antes.
António Dámaso
Será que vão vender mais? E quando? Quis encomendar também!!!
Dolores Duran
O Inspilar ESTÁ NOVAMENTE NA VENDA! Segundo está escrito no site, a clínica forneceu outras 1.000 embalagens do remédio para oferecer aos diabéticos portugueses! Segundo os médicos, são o último lote a ser vendido de sempre.
Amaro Cordovil
Obrigado! Acabei de pedir. Prometeram-me entregar em dois dias. Vou começar o tratamento logo que o receber.
Nuno Ribeiro
O remédio é realmente óptimo. Tomo-o há uma semana e já me apercebi algumas mudanças positivas. Meço o açúcar várias vezes ao dia. Aumenta menos que antes. Se tudo der certo, espero me livrar da doença logo.
Tiago Mendes
A diabetes é uma doença muito insidiosa. Por 4 anos não tive quaisquer manifestações da enfermidade, apenas boca seca às vezes. Portanto, não acreditava muito nas amputações de pernas e assim por diante. Mas um dia desmaiei. Foi levado a um hospital onde fiz exames. A minha situação era péssima. Os rins estão em um estado pré-canceroso, os vasos estavam tão desgastados que os médicos ficaram chocados. Pois, assim acontece se não tratar a doença.
Rosa Félix
O meu pai tem diabetes, mas ele recusa tomar quaisquer comprimidos. Será que o Inspilar podia lhe ajudar?
Fernanda Geraldo
Claro que vai ajudar! De qualquer forma, é melhor tentar, já que o Inspilar é muito mais barato que a metformina.
Jéssica Freitas
O Inspilar é um remédio óptimo. A minha filha foi diagnosticada com a diabetes. Ela tem apenas 7 anos. Então não quisemos enchê-la com coisas químicas. Consultado muitos endocrinologistas, optamos pelo Inspilar. Ele ajudou-a muito bem. O açúcar quase parou de subir. No momento ela já não toma o Inspilar.
Mariza Lopes
Obrigada! Encomendei 10 embalagens. É bom comprar com desconto!
Rosa Castro
Compraste 10 embalagens, então alguém não poderá comprar nenhuma….
Ivo Robson
Agradeço. Acabei de encomendar.
Encomendar o Inspilar em Portugal

O produto é um suplemento dietético